18/02/2014

A Casa África realiza o VIII encontro do PIC Las Palmas de Gran Canaria

Imagem da reunião na Casa África.

Imagem da reunião na Casa África.

Esta terça-feira, dia 18 de fevereiro, decorreu na Casa África o VIII encontro do Projeto de Internacionalização da Cidade (PIC) de Las Palmas de Gran Canaria. Este encontro, presidido pelos Presidentes da Câmara da Cidade e do Cabildo de Gran Canaria, Juan José Cardona e José Miguel Bravo de Laguna, respetivamente, contou com a presença da representante do Governo das Ilhas Canárias, María del Carmen Hernández Bento, e do Diretor-Geral da Casa África, Luis Padrón.

O PIC é composto por mais de 40 instituições, associações e organizações empresariais que apostam na projeção internacional de Gran Canaria e respetiva capital, Las Palmas de Gran Canaria, especialmente devido ao seu potencial como plataforma continental, tanto a nível de logística como de negócios e serviços para a África Ocidental.

Em declarações à imprensa, o presidente do município de Las Palmas de Gran Canaria, uma das instituições que formam o Consórcio Casa África, disse que um ano após a implementação da estratégia PIC, têm sido tomadas medidas e decisões a fim de promover os objetivos desejados. Cardona lembrou que a recém-criada Rede de Cidades da África Ocidental (sigla em inglês WACN, e que é formada, além da capital de Gran Canaria, pelas cidades Praia, Casablanca, Agadir, El Aaiún, Dakar e Nouakchott) já começou a trabalhar no sentido de partilhar experiências Porto-Cidade ou processos de melhoria na gestão dos serviços públicos.

Além disso, o Diretor-Geral da Casa África, Luis Padron, disse à imprensa que atualmente há três dados indicadores de que se trata de um momento favorável nas relações entre Espanha e África. Por um lado, pela primeira vez, as exportações espanholas para o continente ultrapassaram as do ano passado para a América Latina. Por outro lado, no período de um ano, as ligações aéreas melhoraram significativamente, graças às novas ligações, em especial pela parte da companhia canarina Binter Canarias. Por último, também no passado ano de 2013, Padrón explicou que as empresas espanholas situaram-se a nível do terceiro país que mais licitações obtêm das obras em concurso pelo Banco Africano de Desarrollo (Banco Africano de Desenvolvimento), a seguir à França e Dinamarca.

Padrón salientou o compromisso da Casa África não só em promover a internacionalização da empresa espanhola no continente, como também em apoiar a procura de empresas internacionais, a partir das Ilhas Canárias, que queiram estabelecer-se nas Ilhas, assim como o respetivo pessoal expatriado.

 

Back

 
 
Registro de periodistas

Registro Periodistas


Recibe nuestros comunicados de prensa.

 
Newsletter

E-Newsletter


Recibe nuestro boletín electrónico semanal con las actividades y noticias de Casa África.

 

En nuestra agenda


 
 

Conoce África


conoce_africa Conoce a fondo este gran continente: sus países, organizaciones, sus más famosas personalidades...
 
Media

Mediateca


Accede a nuestro fondo documental de libros, películas y música.