Chinua Achebe

Chinua Achebe

Comprometido romancista, poeta, ensaísta e erudito nigeriano que pouco a pouco foi considerado o pai do romance africano. A sua obra 'Things Fall Apart' ('Tudo se desmorona') é uma das obras africanas mais lidas no mundo.

Albert Chinualumogu Achebe nasceu em 1930 em Ogidi, Nigéria, trinta anos antes de o país declarar a sua independência do domínio colonial britânico. Estudou num colégio missionário e, embora educado na cultura ocidental, também foi criado na cultura tradicional Igbo. Foi já na Universidade quando Achebe renegou o seu nome Britânico, Albert, para retomar o seu nome indígena: Chinualumogu, Chinua para abreviar.

O papel de Achebe no nascimento da literatura africana moderna fica claro ao analisar o impacto do seu primeiro livro, Things Fall Apart ('Tudo se desmorona', 1958), um dos romances mais lidos do século XX. A repercussão desta obra foi tal que é leitura obrigatória nas escolas de África e estudada em muitos dos países de língua inglesa. Foi elogiada a sua prosa colorida e amarga descrição da passagem europeia pelo mundo africano, com o consequente choque de culturas.

Outros títulos do autor, mas não todos, são: Arrow of God ('Flecha de Deus', 1964), A Man of the People ('Um homem do povo, 1966) e Anthills of the Savannah ('Formigueiros da Savana', 1987), todas originariamente em inglês, idioma que defendeu na literatura.

Até 2009 e desde o acidente de tráfico que imobilizou o seu corpo, que o colocou numa cadeira de rodas, o autor viveu em Nova Iorque com a sua esposa, com quem teve quatro filhos, onde trabalha como professor de Língua e Literatura.

 

Fontes:

 

Consulte a disponibilidade das publicações na Mediateca Casa África

 
Newsletter

E-Newsletter


Recibe nuestro boletín electrónico semanal con las actividades y noticias de Casa África.

 

En nuestra agenda


 
Media

Mediateca


Accede a nuestro fondo documental de libros, películas y música.

 
Quiénes somos

Quiénes somos


Conoce Casa África por dentro: misión y objetivos, organigrama, dónde estamos,...