Donato Ndongo

Donato Ndongo

A sua ‘Antologia da literatura guineense’ (1984) é considerada como a obra fundadora da literatura guineense escrita em espanhol.

Nasceu em Niefang, Guiné Equatorial, em 1950. Escritor e jornalista, foi director adjunto do Centro Cultural Hispano-Guineense de Malabo, delegado da Agência EFE na África central e director do Centro de Estudos Africanos na Universidade de Murcia.

O seu extenso trabalho de difusão do africanismo em Espanha é unanimemente reconhecido. Nos círculos académicos é considerado como o maior impulsor e o criador mais notável da literatura escrita na Guiné Equatorial, e um dos escritores africanos mais relevantes.

Autor de diversos artigos na imprensa espanhola, publicou, entre outros livros: História e tragédia da Guiné Equatorial (1977), Espanha na Guiné (1998), e romances como As trevas da tua memória negra (1987, traduzida para inglês e francês, Os poderes da tempestade (1997) e O metro (2007). A sua Antologia da literatura guineense (1984), primeira no seu género, é considerada como obra fundadora da literatura guineense escrita em espanhol. Entre 2005 e 2008, foi professor convidado na Universidade de Missouri-Columbia (Estados Unidos).

Fontes:

Para mais informações:

 
Newsletter

E-Newsletter


Recibe nuestro boletín electrónico semanal con las actividades y noticias de Casa África.

 

En nuestra agenda


 
Media

Mediateca


Accede a nuestro fondo documental de libros, películas y música.

 
Quiénes somos

Quiénes somos


Conoce Casa África por dentro: misión y objetivos, organigrama, dónde estamos,...