12/05/2011

Casa África mostra em ‘Reloj de Arena Negra’ os fundos africanos do CAAM

'Xicala', de António Ole (Angola)

'Xicala', de António Ole (Angola)

A Casa África apresentou hoje, no âmbito das actividades do África Vive em Las Palmas de Grã-Canária, a exposição Reloj de Arena Negra. África na Colecção do CAAM, que poderá ser apreciada gratuitamente nas salas de exposições da instituição até 30 de Setembro. Trata-se de uma selecção de peças de 10 artistas contemporâneos africanos do Centro Atlântico de Arte Moderna (CAAM) que fazem parte de uma colecção que se consolidou ao longo dos anos em sucessivas exposições temporárias, através das quais o museu da Grã-Canária manifestou o seu interesse pelo continente vizinho.

As obras expostas na Casa África são de criadores africanos contemporâneos, residentes ou não no continente, que participaram em exposições temporárias produzidas pelo CAAM, desde a sua criação, e entre os quais figuram Willie Bester (África do Sul, 1956), Théodore Dakpogan (Benin, 1956) ou Sokari Douglas-Camp (Nigéria, 1958).

A Reloj de Arena Negra. África na Colecção do CAAM está aberta ao público a partir de hoje e até ao dia 30 de Setembro. Poderá ser visitada de segunda a sexta-feira, entre as 10h00 e as 20h00 horas.

 

Back

 
 
Registro de periodistas

Registro Periodistas


Recibe nuestros comunicados de prensa.

 
Newsletter

E-Newsletter


Recibe nuestro boletín electrónico semanal con las actividades y noticias de Casa África.

 

En nuestra agenda


 
 

Conoce África


conoce_africa Conoce a fondo este gran continente: sus países, organizaciones, sus más famosas personalidades...
 
Media

Mediateca


Accede a nuestro fondo documental de libros, películas y música.