03/03/2011

A elegância como forma de vida

'Sapeurs de Bacongo' / Baudouin Mouanda (2009)

'Sapeurs de Bacongo' / Baudouin Mouanda (2009)

A Casa África inicia a sua temporada expositiva 2011 com Um sonho de ida e volta. A Sape congolesa, uma colecção de oitenta imagens de Baudouin Mouanda (República do Congo) e Héctor Mediavilla (Espanha) que nos abre a porta do mundo fascinante da Sociedade de Ambientadores e Pessoas Elegantes (S.A.P.E.).

A mostra, organizada por Mónica Santos e Sandra Maunac foi apresentada ontem perante os meios de comunicação na sede da instituição. Como no caso de todas as mostras expostas na Casa África, Um sonho de ida e volta. A Sape congolesa pode ser visitada de segunda a sexta, das 10h00 às 20h00 de forma gratuita. Também poderão ser solicitadas visitas guiadas gratuitas para grupos entre 15 e 20 pessoas, telefonando para o número (+34) 928432800.

Um sonho de ida e volta. A Sape congolesa aprofunda um movimento estético e filosófico rico em significados tanto visuais como ideológicos, como fica evidenciado nos dois olhares tão diferentes que cruzam Mouanda e Mediavilla sobre este fenómeno. A mostra, que permanecerá aberta ao público na Casa África até 29 de Abril, pretende dar a conhecer uma faceta da realidade cultural africana contemporânea tão desconhecida como extravagante, que nos transporta simultaneamente para um mundo de elegância e de sobrevivência nascido nos bairros pobres de Brazzaville e Kinshasa.

Os dois fotógrafos que assinam esta mostra contrapõem as suas visões: um, conhecedor directo da situação dos seus compatriotas, apresenta uma manifestação dinâmica e criativa da SAPE, acentuando o lado teatral e exibicionista do fenómeno. Outro, enquanto observador externo, investiga a complexidade psicológica e social dos seus protagonistas, evocando uma realidade poética e romântica onde os sapeurs parecem sonhar as suas vidas. No entanto, ambos partilham um objectivo comum: questionar o imaginário que construímos sobre África e as suas gentes, já que com a SAPE os nossos preconceitos são postos em causa.

Mounda e Mediavilla permitem-nos conhecer mais profundamente as regras e receitas desta verdadeira arte da aparência, mas, sobretudo, permitem-nos viajar ao mundo dos sonhos desta jovem população urbana de Brazzaville e Kinshasa, e perceber que o culto que praticam tem uma mensagem implícita de resistência, uma luta para subverter o seu estatuto social, tanto dentro da sua comunidade, do seu país e de outros países africanos, como na nossa visão ocidentalizada fixa e imóvel.

 

Back

 
 
Registro de periodistas

Registro Periodistas


Recibe nuestros comunicados de prensa.

 
Newsletter

E-Newsletter


Recibe nuestro boletín electrónico semanal con las actividades y noticias de Casa África.

 

En nuestra agenda


  • Monday, 01 of June, 2020 - Wednesday, 30 of September, 2020

    Arte virtual. Quatro artistas africanos apresentam seu trabalho em vídeo-pílulas
    Arte virtual
    Quatro artistas africanos apresentam a sua obra em vídeo-pílulas que vamos disponibilizar aqui

    More info

 
 

Conoce África


conoce_africa Conoce a fondo este gran continente: sus países, organizaciones, sus más famosas personalidades...
 
Media

Mediateca


Accede a nuestro fondo documental de libros, películas y música.