29/11/2010

As "Cinematografias de África" chegam ao Festival Internacional de Cinema de Ronda

Guadalupe Arensburg y Juan Jaime, durante la presentación del título en la pasada Feria del Libro de Madrid.

Guadalupe Arensburg y Juan Jaime, durante la presentación del título en la pasada Feria del Libro de Madrid.

A Casa África participa no I Festival Internacional de Cinema de Ronda, que se celebra entre 27 de Novembro e 3 de Dezembro sob o lema Cinema político para o século XXI. O festival de Málaga inclui, no seu programa, a apresentação de Cinematografias de África. Um encontro com os seus protagonistas, uma obra de referência escrita pela especialista Guadalupe Arensburg e editada pela Casa África este ano. A apresentação teve lugar esta manhã no Convento de Santo Domingo e contou com a presença da autora. A obra de Arensburg foi previamente apresentada na Feira do Livro de Madrid e no Salão Internacional do Livro Africano, no Puerto de la Cruz (Tenerife).

Cinematografias de África inscreve-se na linha de trabalho da Casa África referida em publicações. Baseia-se numa série de entrevistas da sua autora a vários realizadores africanos, também recolhidas em DVD junto com o livro, que conseguem fazer um retrato da variedade e paixão do cinema que se pensa, produz e filma em África.

O cinema é um dos campos de trabalho da Casa África, que se associa a festivais de referência no cinema africano, como o Festival de Cinema Africano de Tarifa (FCAT), MiradasDoc de Tenerife e FESPACO, o festival africano de referência em matéria audiovisual e que se celebra a cada dois anos em Uagadugú. Além disso, a Casa África patrocina o programa Cinenómada, consagrado na divulgação das cinematografias de África em Espanha e América Latina, através de um centro de filmes que conta com cerca de 600 produções legendadas em castelhano, em colaboração com a ONG Al-Tarab e o próprio FCAT.

O Cinenómada é um programa financiado pela Casa África e gerido por Al-Tarab, organizadora do Festival de Cinema Africano de Tarifa (FCAT), que tem como objectivo dar a conhecer a produção cinematográfica do continente africano em Espanha.

A Casa África patrocina o Cinenómada porque tem, como Al-Tarab, o objectivo de dar a conhecer o cinema africano ao maior número possível de espectadores espanhóis e de aproximar África a Espanha.

O Cinenómada coloca à disposição de diferentes entidades uma ampla selecção de títulos procedentes das passadas edições do FCAT, legendados em espanhol, que é hoje a única oferta desta dimensão e género que existe em Espanha e que garante a realizadores e a produtores do continente africano alguns rendimentos, que, embora modestos, são frequentemente os únicos que obtêm.

É dirigido a associações, municípios, conselhos, universidades, centros culturais, cinematecas, museus e qualquer tipo de organismo ou instituição interessada na promoção do cinema africano. Com o Cinenómada consegue-se difundir ao longo de todo o ano um cinema que, de outra forma, continuaria a estar concentrado exclusivamente em festivais especializados.

 

Back

 
 
Registro de periodistas

Registro Periodistas


Recibe nuestros comunicados de prensa.

 
Newsletter

E-Newsletter


Recibe nuestro boletín electrónico semanal con las actividades y noticias de Casa África.

 

En nuestra agenda


 
 

Conoce África


conoce_africa Conoce a fondo este gran continente: sus países, organizaciones, sus más famosas personalidades...
 
Media

Mediateca


Accede a nuestro fondo documental de libros, películas y música.