Terças-feiras de cinema em Sevilha

De 6 a 27 de março de 2012
Martes de Cine en la Fundación Tres Culturas (Sevilla) conmemorando el Día Mundial de la Mujer)

Fotograma de la película 'Tabou'

O Reino de Marrocos e a Junta da Andaluzia decidiram, em 1998, criar um fórum que, baseado nos princípios da paz, do diálogo e da tolerância, promovesse o encontro entre povos e culturas do Mediterrâneo. A esta iniciativa aderiram posteriormente outras pessoas e instituições, comprometidas com o diálogo e a paz.

No dia 8 de março de 1999, constituiu-se, na cidade de Sevilha, a Fundação Três Culturas do Mediterrâneo. As características singulares, e de certa forma excecionais, desta Fundação convertem-na num referente de tolerância e de progresso.

Esta fundação impulsiona o programa “Terças-feiras de cinema”, no qual se dá visibilidade ao cinema africano através do Cinenómada,programa criado pela Al Tarab, organizadora do Festival de Cinema Africano de Córdova (FCAT) e patrocinado pela Casa África para a divulgação das cinematografias de África em Espanha e na América Latina.

O Cinenómada é um programa financiado pela Casa África e gerido por Al-Tarab, organizadora do Festival de Cinema Africano de Tarifa (FCAT), que tem como objectivo dar a conhecer a produção cinematográfica do continente africano em Espanha.

A Casa África patrocina o Cinenómada porque tem, como Al-Tarab, o objectivo de dar a conhecer o cinema africano ao maior número possível de espectadores espanhóis e de aproximar África a Espanha.

O Cinenómada coloca à disposição de diferentes entidades uma ampla selecção de títulos procedentes das passadas edições do FCAT, legendados em espanhol, que é hoje a única oferta desta dimensão e género que existe em Espanha e que garante a realizadores e a produtores do continente africano alguns rendimentos, que, embora modestos, são frequentemente os únicos que obtêm.

É dirigido a associações, municípios, conselhos, universidades, centros culturais, cinematecas, museus e qualquer tipo de organismo ou instituição interessada na promoção do cinema africano. Com o Cinenómada consegue-se difundir ao longo de todo o ano um cinema que, de outra forma, continuaria a estar concentrado exclusivamente em festivais especializados.

O Fundo Fílmico do Cinenómada conta com mais de 450 produções inteiramente legendadas em castelhano e coloca-as à disposição de entidades para a organização de ciclos de cinema africano, sem quaisquer fins lucrativos, dando assim a conhecer o continente vizinho de uma forma diferente e contribuindo para reforçar a indústria cinematográfica nos países de origem.

Devido à celebração do Dia da Mulher e às múltiplas ações que se realizam ao nível internacional, a Fundação Três Culturas volta a participar, mais um ano, nestas ações, incorporando o ciclo “Histórias de Mulheres” no seu programa “Terças-feiras de cinema”, no qual se irão projetar os seguintes filmes em cada terça-feira de 6 a 27 de março de 2012. O Cinenómada contribui com as fitas cinematográficas das terças-feiras 13 e 20:

06/03/2012, 20:30h

Cielo, de Deepa Mehta (Canadá, 2008) 106 min.

13/03/2012, 20:30h

Tabou, de Meriem Riveill (Túnez, 2010) 15 min.

La vida (El icha) de Walid Tayaa; (Túnez, 2010) 17 min.

Khouya (Mi hermano) de Yanis Koussim (Argelia, Francia, 2010) 16 min.

20/03/2012, 20:30h

Le voyage à Alger (El viaje a Argel/Journey to Algiers) de Abdelkrim Bahloul (Albania, Francia, 2009) 97min.

27/03/2012

Miradas desveladas (documental) de Alba Sotorra Clua (España, 2008) 52 min.

 
 
 
Compartir con:
 
 
Newsletter

E-Newsletter


Recibe nuestro boletín electrónico semanal con las actividades y noticias de Casa África.

 

Quién es Quién en África


 

  • Filter by:
 
of426

There are no results for this search
 

Efemérides


Premios de Casa África


Premios Griot de Ébano, Premios de Ensayo, Premios de cine...