Cinema nómada no VI ciclo de cinema africano de Medicus Mundi

26 de mayo y 2 y 9 de junio 2011
Cine_MedicusMundi

Fotograma de la película 'Harragas'

Medicus Mundi é uma rede internacional que em Espanha se constitui por 16 associações, agrupando entre todas mais de 8000 pessoas, desde sócios, voluntários e profissionais. Fundada em 1962, o seu trabalho foi reconhecido em 1991 com o Prémio Príncipe das Astúrias da Concórdia.

Concretamente, a associação de Medicus mundi em Castela-La Mancha volta a contar com o Cinenómada para dar início ao que será o VI ciclo de cinema africano executado por esta associação.

O ciclo de cinema será composto pelas seguintes projecções:

26 de Maio de 2011. Harragas, de Merzak Allouache. Nela, os protagonistas lançam a sua vida no Estreito para chegar à terra prometida, Europa.

2 de Junho de 2011. Africa Paradis, de Sylvestre Amoussou. Este filme retrata um hipotético futuro e são os europeus que têm de emigrar ilegalmente para África, para puderem seguir em frente.

9 de Junho de 2011. Sessão de curtas e animação:

Paris sur mer, de Munir Abbar

C'est dimanche!, de Samir Guesmi

Waramutsého!, de Bernard Auguste y Kouemo Yanghu

A mãe dos netos, de Isabel Noronha y Vivan Altman


Todas as projecções terão lugar no Cinema Capitol-Filmoteca de Albacete (Plaza del Altozano, 9)

O Cinenómada é um programa financiado pela Casa África e gerido por Al-Tarab, organizadora do Festival de Cinema Africano de Tarifa (FCAT), que tem como objectivo dar a conhecer a produção cinematográfica do continente africano em Espanha.

A Casa África patrocina o Cinenómada porque tem, como Al-Tarab, o objectivo de dar a conhecer o cinema africano ao maior número possível de espectadores espanhóis e de aproximar África a Espanha.

O Cinenómada coloca à disposição de diferentes entidades uma ampla selecção de títulos procedentes das passadas edições do FCAT, legendados em espanhol, que é hoje a única oferta desta dimensão e género que existe em Espanha e que garante a realizadores e a produtores do continente africano alguns rendimentos, que, embora modestos, são frequentemente os únicos que obtêm.

É dirigido a associações, municípios, conselhos, universidades, centros culturais, cinematecas, museus e qualquer tipo de organismo ou instituição interessada na promoção do cinema africano. Com o Cinenómada consegue-se difundir ao longo de todo o ano um cinema que, de outra forma, continuaria a estar concentrado exclusivamente em festivais especializados.

 
 
 
Compartir con:
 
 
Newsletter

E-Newsletter


Recibe nuestro boletín electrónico semanal con las actividades y noticias de Casa África.

 

Quién es Quién en África


 

  • Filter by:
 
of426

There are no results for this search
 

Efemérides


Premios de Casa África


Premios Griot de Ébano, Premios de Ensayo, Premios de cine...