Residência criativa. JulieIarisoa e YayaSarria

Del 24 de febrero al 8 de marzo de 2011
Residencia creativa. Compañía de danza

A Casa África e o seu programa África em Movimento continuam a apoiar a dança africana contemporânea através de residências criativas, como já o fizeram com a companhia de dança Rary, oriunda de Madagáscar ou o bailarino gabonês Peter Nkoghe no Centro Coreográfico de LaGomera.

Nesta ocasião, serão os bailarinos Julie Iarisoa, oriunda de Madagáscar, e Yaya Sarria, do Chade, que irão residir no referido centro. Estes artistas são os criadores de «Espace-Temps», uma peça coreográfica criada por ambos durante o ano de formação no Centro Mediterrânico de Dança da Tunísia (CMDT).

Esta peça responde a um espírito de abertura cultural e de partilha, para lá dos preconceitos, sem diferenças de raça ou de religião. Era para eles um desejo e ao mesmo tempo uma obrigação condensar o espaço e o colocá-lo em cena sob a forma de uma peça coreográfica. Um espaço geográfico sem fronteiras e livre no mundo da coreografia e da criação.

Actuações previstas:

  • Sexta-feira 4 de Março no Centro Coreográfico de LaGomera A mostra começará às 21h e a entrada, gratuita, pode ser reservada por telefone (+34 922 870 090)

Notícia relacionada

O  programa  África  em  Movimento  é  uma iniciativa  da Casa  África  para potenciar, em Espanha, a  presença  das  artes cénicas africanas, com as  premissas  que  aplica  esta instituição de diplomacia pública para as actividades de cooperação cultural, evitando o paternalismo e fazendo destas disciplinas mais um factor de aproximação entre  África  e  Espanha.  

Inicialmente  este  programa dará ênfase à dança contemporânea africana, embora não exclua o envolvimento com as restantes  artes.   A constatação  de  que  existe uma  enorme  riqueza  coreográfica  no continente  vizinho - que  ainda  não foi descoberta  pelo   público  espanhol - foi o  factor  decisivo  para  iniciar este programa.

Tal como expressa o  II Plano África, o África em Movimento dá resposta à vontade de  “contribuir  para melhorar o conhecimento mútuo  entre  a  sociedade  espanhola  e  as sociedades  africanas, fomentando  a  difusão de  uma  imagem  plural  e  contemporânea  de  uma  e  outra,   promovendo  processos  de  intercâmbio  e  colaboração entre  as suas  culturas.”  Seguindo esta máxima, o  compromisso  da Casa  África para com as artes cénicas pan-africanas reside nos seguintes objectivos:

1.    Aproximar África da opinião pública espanhola, dando a conhecer – através das artes  cénicas - uma  imagem  real  do  continente, o seu  potencial  e  a sua heterogeneidade.

2.    Realizar um trabalho de proximidade com o sector profissional das artes cénicas em África, para conhecer  os seus  interesses  e  prioridades,  contribuindo  para a identificação dos seus potenciais parceiros em Espanha e para promover o contacto.

3.    Actuar  como porta-voz  dos  interesses  e  prioridades  do dito  sector, para a Espanha e para a União Europeia.

4.    Fomentar  as residências  criativas de bailarinos/coreógrafos  africanos  nos  Centros Coreográficos  de  Espanha. Para  2011, a Casa  África  pretende trabalhar  em colaboração com  três  centros  coreográficos  de  referência  no  nosso  país: o Centro Coreográfico de La Gomera, o Mercat de les Flors e o Centro Párraga.

As Residências Artísticas do Centro Coreográfico de la Gomera nascem com o objectivo de acolher criadores durante períodos curtos, de forma a podermos colaborar com o desenvolvimento das suas criações nas suas instalações. O Centro Coreográfico oferecerá uma mostra pública do trabalho, na fase do processo em que se encontre. Desta forma, os habitantes de San Sebastián de La Gomera poderão desfrutar do variado panorama regional, nacional e internacional de dança e artes do movimento.

 
 
 
Compartir con:
 
 
Newsletter

E-Newsletter


Recibe nuestro boletín electrónico semanal con las actividades y noticias de Casa África.

 

Quién es Quién en África


 

  • Filter by:
 
of426

There are no results for this search
 

Efemérides


Premios de Casa África


Premios Griot de Ébano, Premios de Ensayo, Premios de cine...