#ÁfricaEsNoticia com a apresentação de “Cadernos Africanos”, de Alfonso Armada

Casa África, Las Palmas de Gran Canaria, 20 de junho de 2019, das 19h30 às 21h00
#ÁfricaesNoticia con las presentación de "Cuadernos Africanos", de Alfonso Armada. Casa África, Las Palmas de Gran Canaria, 20 de junio de 2019, de 19.30 a 21.00

O jornalista e repórter Alfonso Armada apresenta na Casa África, no âmbito do ciclo #ÁfricaesNoticia, o seu livro Cadernos Africanos, reeditado em abril de 2019 por Ediciones Península, que foi também quem publicou este texto básico do jornalismo espanhol em 1998.

Armada irá debater com o público a sua carreira como repórter em África, experiência reunida nestes cadernos, que abrangem os anos de 1994 a 1998 e começam no Ruanda, durante o genocídio, e terminam no Burundi quatro anos mais tarde. Armada concluiu aqui o seu périplo jornalístico como enviado especial do El País pelo continente africano, vocação que abandonou para mudar-se para Nova Iorque pela mão de um novo jornal, ABC.

Este volume de crónicas e notas reúne tanto as reportagens que publicou como os esboços teatrais, informação e reflexões pessoais que escreveu durante aqueles anos em hotéis, bares e estradas do continente africano.

A apresentação de Armada na Casa África estará a cargo do também jornalista e membro da equipa da Instituição, Joan Tusell.

Cadernos africanos é uma viagem ao coração de África. Ao Ruanda, República Democrática do Congo, Burundi, Angola, Moçambique, Somália, Sudão, Libéria, África do Sul, República do Congo e Tanzânia. É uma descida ao inferno através dos cadernos (os públicos e os pessoais) de Alfonso Armada aos quais nenhum leitor ficará indiferente. Uma viagem assustadora, feita de prosa afiada e castelhano fundido, pela realidade dilacerada de muitos desses países.

Aeroportos que são covis de salteadores, mercados transformados em aterros humanos, descampados onde a doença e a morte andam de mãos dadas... Entre a emoção do diário poético e a síntese reflexiva da crónica jornalística, entre o desencanto perante o inevitável e o fascínio pelas culturas desconhecidas, estes cinco cadernos lançam aos quatro ventos um grito esperançoso de raiva e horror do continente esquecido.

Alfonso Armada nasceu em Vigo em 1958 e entre os seus trabalhos jornalísticos está a cobertura do cerco de Sarajevo e o genocídio do Ruanda. Foi subdiretor da revista Teatra, correspondente para África do jornal El País de 1994 a 1998 e correspondente de ABC em Nova Iorque de 1999 a 2005. É presidente da secção espanhola de Repórteres Sem Fronteiras.

#ÁfricaEsNoticia é um ciclo de conferências sobre a atualidade africana a cargo de especialistas espanhóis e africanos que nos convida a debater, pensar e aproximar-nos ainda mais de África. O título remete também para a secção web da Casa África que é atualizada diariamente com as principais notícias sobre África.

 
 
 
Compartir con:
 
 
Newsletter

E-Newsletter


Recibe nuestro boletín electrónico semanal con las actividades y noticias de Casa África.

 

Quién es Quién en África


 

  • Filter by:
 
of426

There are no results for this search
 

Efemérides


Premios de Casa África


Premios Griot de Ébano, Premios de Ensayo, Premios de cine...